Wikia

Enciclopédia Açores XXI

Banda Militar da Zona Militar dos Açores

Discussão0
562 pages em
Este wiki

A Banda Militar dos Açores foi criada após a Revolução Angrense de 22 de junho de 1828. Mais tarde, com a mudança do Comando Militar dos Açores para a cidade de Ponta Delgada, passou a existir apenas uma Banda Militar sediada, inicialmente, no aquartelamento do Batalhão Independente de Infantaria 18 no extinto Convento de São João e, mais tarde, no Forte de São Brás.

Hoje, designada por Banda Militar da Zona Militar dos Açores, está instalada no Campo Militar de São Gonçalo do Comando da Zona Militar dos Açores e tem por missão dar o necessário enquadramento musical nas cerimónias e atos militares e simultâneamente contribuir para a valorização cultural e recreação do pessoal militar e civil do Exército executando concertos e outras intervenções musicais.

Para além das atividades castrenses, a Banda Militar dos Açores insere as suas actuações no âmbito cultural, recreativo e de divulgação do Exército, colaborando com as autoridades e organismos civis na execução de concertos em diferentes locais da Região Autónoma dos Açores, salientando-se atuações de caráter didático em diversas escolas. Muito tem contribuído, para a valorização cultural das populações e incremento pelo gosto da Música nos Açores.

Sendo impraticável elencar-se toda a atividade desenvolvida pela Banda de Música da Zona Militar dos Açores ao longo da sua vasta história e pelos seus elementos individualmente, realça-se apenas um evento que muito a enaltece e enobrece e do qual muito se orgulha: o fato do hino do Senhor Santo Cristo dos Milagres ter sido composto pelo Mestre da Banda Militar, Manuel José Candeias, em 1868, e ainda hoje ser o ícone musical das maiores festas religiosas dos Açores e o elo fundamental da união da Diáspora açoriana. Atualmente conta com 41 elementos, sendo chefiada pelo Sargento-chefe Músico Rogério Paulo Martins da Silva.

Saiba Mais Editar

Ligações Externas Editar

Rede da Wikia

Wiki Aleatória