FANDOM


A Crista Média Atlântica (CMA) é uma cordilheira submarina que se estende no leito dos oceanos Atlântico e Árctico, desde a latitude 87º Norte até à ilha subantárctica de Bouvet, à latitude 54º Sul. Os pontos mais elevados desta cordilheira emergem em vários locais, formando ilhas. A Crista Média Atlântica faz parte do sistema global de cordilheiras oceânicas. Atualmente, crê-se que a sua formação se deve a um limite divergente entre placas tectónicas. Estas placas encontram-se em movimento e, por isso, o Atlântico encontra-se em expansão ao longo desta dorsal, ao ritmo de 2 a 10 cm por ano. Foi descoberta na década de 1950 por Bruce Heezen e Marie Tharp. A sua descoberta levou à formulação da teoria de expansão do fundo oceânico e à aceitação da teoria de deriva continental de Alfred Wegener. A Fossa Romanche, na linha do Equador, divide-a em duas partes: Crista do Atlântico Norte e Crista do Atlântico Sul.